Desvios

minha alma
ainda abriga
da tua
desvios, atalhos, avenidas
bosques, jardins, alamedas
coxilhas às pampas
cerrados, praias, veredas
desejos fugidios
perfumes marcantes, rompantes, labaredas
cheiros de cios
mãos libidinosas
gestos inquietantes
toques únicos
olhares amantes
profundos riscos
silenciosos habitantes
cobertos pela neblina
no despenhadeiro
das coisas mal-ditas
no bálsamo
aquecidos
na lúcida loucura
na insanidade
da ínfima possibilidade


Eu despida

eu vestida de letras
eu despida de mim
eu-palavras, enfim


Simulacro

o corpo, concreto simulacro
palco e imagem
de oníricos desejos


Campo Minado

Doce apimentado
risco cisco petisco
arrisco arisco campo minado


O Passo do Vôo

descalço subo
vou ao encalço
e calço o passo do vôo

Inês Lempek é gaúcha de Porto Alegre, mora em Brasília há oito anos. Participou de oficinas literárias em Porto Alegre, coordenadas pelo escritor Charles Kiefer. Publicações: Antologia de contos e poesias "Poesia e Prosa" , publicada em Porto Alegre, pelo Instituto Estadual do Livro - IEL, em 1994. Antologia poética "Estação quatro mãos", Brasília/2002. Antologia Poética de vários autores “Tertúlia na Era de Aquário” – Santos / SP, 2003, autografado na Feira do Livro de Brasília 2004.