R$ 40,00

Título: A AVOADA E O DISTRAÍDO
Autores: Vanessa Silla e Cláudio Levitan

Formato: 14 x 21 cm.
Páginas: 170
Gênero: Romance
Publicação: Class / Bestiário, 2019

Sinopse

A história contada aqui nesse A avoada e o distraído, de Vanessa Silla e Cláudio Levitan, junta criaturas que, pela lógica, nunca se encontrariam e cuja união teria tudo para dar errado — não fosse a vida (e a literatura, que a representa) o lugar ideal para derrubar obviedades (e para se divertir).

Escrito a quatro mãos, cada capítulo é contado do ponto de vista de um dos personagens — e o que já era complicado se complica um pouco mais. Levitan dá voz a Bartolomeu, um sujeito que já não é mais criança, herdeiro de empresas de joias e de livros raros, que sai atrás de exemplares únicos pelo mundo. Vanessa escreve a parte de Sirena, uma jovem linda e meio desmiolada, que insiste que veio do século 23, sempre ligada numa tomada de 220 watts. Esses dois desiguais, embora resistam, vivem um romance que se inicia em Punta del Este, na Casapueblo, a legendária casa-museu construída por Carlos Vilaró, e se estende pela Europa, chegando a Israel.

Levitan e Vanessa encararam um dos desafios mais pesados da vida literária, que é a escrita compartilhada, modalidade em que um autor tem que se subordinar à vontade e aos ganchos do outro, dando sequência ao enredo com os elementos deixados pelo companheiro. Não é pouca coisa, e sabe-se de casos em que os autores se desentendem à morte — essa, às vezes, nem tão literal.

Aqui, ao contrário, o resultado é uma trama deliciosa, cheia de peripécias e de situações muito divertidas, com um ritmo de thriller mas também de um lirismo que se aproxima de uma bonita prosa poética.

Sugiro ao leitor que preste atenção às “surpresas” apresentadas a cada capítulo, surpresas que, claro, devem ter sido as invenções narrativas para pegar de jeito o companheiro que teria de dar sequência à história. Bonito de ver como os dois autores encampam as informações apresentadas e passam a tratá-las como componentes narrativos, o que dá ao conjunto uma rara feição sistêmica, como se diz hoje em dia. Uma graça.

Cintia Moscovich


Sobre os autores

VANESSA SILLA nasceu em Porto Alegre em 1961.
Formada em Letras pela PUCRS.
Especialização em Literatura Brasileira e Mestrado em Escrita Criativa também pela PUCRS.
Cursando o doutorado em Escrita Criativa (PUCRS).
Este é seu nono livro.


CLÁUDIO LEVITAN
nasceu em Porto Alegre em 1951.
Formado em Arquitetura pela UFRGS.
Mestrado em Habitação Popular pela Newcastle-Upon-Tyne University.
Gravou seis discos e recebeu 6 prêmios.
Publicou cinco livros, participou de quatro antologias.
Ganhou Prêmio Açorianos de Literatura Infantil.